terça-feira, 1 de dezembro de 2015

Estrutura e Formação das Palavras

As palavras são formadas basicamente, por um radical e por uma ou duas partículas adicionadas ao radical,chamadas de afixos.


Radical: É a parte da palavra que dá o significado.
Exemplos: infeliz, garoto...


Os afixos podem ser classificados em:


Prefixos - São as partículas inseridas antes do radical
Exemplos: infeliz, subdesenvolvido…


Sufixos - São as partículas inseridas depois do radical.
Exemplos: felizmente, andar


As palavras podem ser formadas por, derivação e por composição.
A derivação pode ser dividida em prefixal, sufixal, prefixal e sufixal, parassintética, regressiva, justaposição e aglutinação.


Na prefixal, é adicionado um prefixo à palavra primitiva.
Exemplos: descaso.


Na sufixal, é adicionado um sufixo à palavra primitiva.
Exemplos: menininha.


Na prefixal e sufixal, é adicionado dois afixos á palavra primitiva.
Exemplos: infelizmente.


Na parassintética, é adicionado dois afixos à palavra primitiva, porém observe que no exemplo, se tirarmos um dos afixos a palavra não fará sentido.
Exemplos: entristecer.


Na regressiva, é quando ocorre uma redução da palavra primitiva.
Exemplos: trabalho (trabalhar), choro (chorar).


Na justaposição, é quando ocorre a junção dos radicais sem alteração do radical primitivo.
Exemplos: passatempo, girassol.


Na aglutinação, é quando ocorre a junção de dois radicais, porem com alteração do radical primitivo.
Exemplos: planalto



UMA PAREDE NO FUNDO

RIO DE JANEIRO - Entro na farmácia e peço um remédio. A moça do balcão nem vacila. Volta-se para um computador à sua frente, digita o nome do produto e me informa: "A importação desse medicamento foi descontinuada". Foi interrompida, ela quis dizer. Des + continuar = interromper. Não é uma sorte que alguns de seus clientes saibam um pouco de português?

Um dos ambientes mais desagradáveis hoje no Brasil são as farmácias. Quando se entra numa, atravessam-se longos corredores formados por estandes, os quais exibem fartas opções de xampus, sabonetes, desodorantes. Os outros setores são igualmente bem servidos. O de preservativos oferece camisinhas de todos os tipos, cores e tamanhos. Os bochechos bucais vêm em embalagens que permitem a um cidadão passar seis meses gargarejando sem parar um segundo. Mas nada supera o estoque de fraldas descartáveis -haja bebês para ensopar aquilo tudo.

Tudo isso é formidável, exceto que o setor de remédios resume-se a uma parede no fundo da farmácia, e, em 90% dos casos, está desabastecido do medicamento que você procura. Não precisa ser algo complicado, como um dentifrício especial para boca seca, um anticonvulsivante que exige receita médica ou uma pomada para hemorroidas. Remédios muito mais simples, de fabricação nacional, vivem em falta. […]

Ruy Castro
http://www1.folha.uol.com.br/fsp/opiniao/65785-uma-parede-no-fundo.shtml

1. Qual a situação vivenciada pelo autor do texto?
    Ao pedir um remédio na farmácia, ele é respondido com “a importação desse medicamento foi descontinuada”, ou seja, o remédio estava em falta.

2. Essa Situação faz com que o autor dê início a uma reflexão a respeito de determinados estabelecimentos comerciais. Explique.
 Ele reflete sobre a questão das farmácias, com imensas prateleiras cheias de xampus, sabonetes, desodorantes, preservativos, mas apenas uma pequena parede no fundo com alguns remédios, e normalmente estão em falta.


3. Qual o significado do termo descontinuada apresentado pelo autor no 1º parágrafo do texto?
 Foi interrompida, ela quis dizer. Des + continuar = interromper.

4. Podemos afirmar que o autor se vale de seus conhecimentos sobre o processo de formação de palavras para dar sentido a esse termo? Explique.
Sim, ao separar a palavra, ele mostra que sabe o significado de do prefixo “des”.

5. No último parágrafo do texto, o autor utiliza outro termo formado a partir de um processo semelhante ao de descontinuada. Transcreva-o no caderno e identifique o prefixo utilizado em sua formação.
 “Desabastecido”
 de(s)-, di(s)- : Negação, ação contrária, separação.

6. Esse prefixo tem o mesmo sentido nos dois termos?
 Sim, nos dois ele indica “ação contrária".

Um comentário:

  1. Oi, Enrico e Marcelo, ]

    está faltando a resolução de um dos exercícios. ;-)

    Abraço,

    ResponderExcluir